Employee Advocacy

Employee Advocacy: o que é e como transformar colaboradores em defensores de marca

Na essência Employee Advocacy é a promoção da marca feita por meio de seus colaboradores. Os funcionários hoje têm extensas redes de amigos, seguidores e conexões através das mídias sociais, por isso disseminar a cultura e o conteúdo fornecido pela empresa se tornou muito mais simples e expressivo.

O mundo mudou, as dinâmicas de trabalho mudaram e, consequentemente, a maneira como os colaboradores se relacionam com seus ambientes de trabalho também mudou.

Estamos na era da transformação e, com os meios sociais difundindo informações cada vez mais rápido, a velocidade dessa transformação também aumenta a cada dia.

As empresas que desejam ter sucesso precisam estar preparadas para atender a essas novas demandas e, mais do que nunca, é extremamente importante ter pessoas que constroem a sua empresa com um empenho genuíno e que estão dispostas a defendê-la a qualquer custo.

É claro que uma relação tão sólida não se constrói da noite para o dia, é preciso empenho, planejamento, ações estruturadas e estratégias para fazer com que isso acontece. Nesse contexto, uma estratégia de Employee Advocacy pode ser uma aliada poderosa para a sua empresa. 

O que é Employee Advocacy

Employee Advocacy é uma estratégia de marketing voltada para os colaboradores, ou seja, envolve ações estratégicas com o objetivo de atrair, integrar, engajar e mobilizar os colaboradores para que eles de tornem os promotores da sua empresa. 

Essa estratégia pode ser muito proveitosa, uma vez que são seus funcionários que mais conhecem o seu produto e convivem com as dores dos cliente cotidianamente. 

De acordo com uma pesquisa da Werber Shandwick, 50% dos funcionários compartilham fotos, vídeos ou mensagens sobre suas empresas nas redes sociais e 33% fazem isso sem qualquer incentivo da marca. Isso significa que muitos colaboradores já estão compartilhando suas experiências positivas com uma empresa de forma espontânea. 

Então, por que não aproveitar desse ativo poderoso para realizar ações que visam atingir os objetivos da organização?

Existem algumas estatísticas que mostram o quão essencial é a estratégia:

  • Em comparação aos conteúdos compartilhados nos canais oficiais da marca, os conteúdos compartilhados por colaboradores alcançam 561% mais pessoas;
  • Conteúdos compartilhados por funcionários recebe 8x mais engajamento do que os conteúdos compartilhados nos canais oficiais da empresa;
  • A taxa de conversão dos leads conquistados através de outros colaboradores é 7 vezes maior do que aqueles que vieram através dos canais tradicionais.

Como surgiu o Employee Advocacy?

As empresas por muito tempo contrataram seus funcionários apenas com o objetivo de ter mão de obra para executar uma tarefa.

Por mais que fossem considerados um ativo muito importante para que o produto fosse produzido e chegasse a mão do consumidor, sua função nunca foi muito além disso.

Os patrões não costumavam ouvir a opinião de seus funcionários, não costumavam valorizá-los e nem os motivar para alcançarem juntos melhores resultados.

Outro fator também deixado de lado pelas empresas nessa época, era a rotatividade de funcionários, devido à grande oferta de mão de obra.

Mais tarde descobriu-se que funcionários motivados poderiam produzir mais e então as empresas começaram a criar estratégias para agradar seus funcionários, como por exemplo, a oferta de bônus por resultados, previdência privada, oferta de planos de saúde, descontos em produtos da empresa, entre outras ações.

Hoje percebe-se que apenas isso não é suficiente, tornou-se essencial o engajamento entre o colaborador e a empresa.

Envolvê-los no processo como um todo, ouvir sua opinião e encantá-los da mesma forma que se encanta um cliente são estratégias atuais de grande relevância para o sucesso.

Por que é importante engajar os colaboradores?

É realmente muito simples: As empresas com funcionários mais engajados conseguem um melhor desempenho.

Investindo o tempo para se engajar ativamente, os funcionários podem conduzir a melhores resultados de negócios e construir uma forte lealdade do cliente.

Em algum ponto durante a jornada de compra os potenciais clientes terão alguma forma de interação com um funcionário ao menos.

Com base nessa interação, o potencial cliente irá formar as suas primeiras impressões sobre o negócio.

Se o cliente encontrar funcionários confusos ou negativos, ele pode não realizar a compra.

Quando, por outro lado, o cliente tem uma interação positiva com um funcionário que é verdadeiramente apaixonado pelo seu produto, a experiência geral do cliente melhora.

Isso o leva a recompra, recomendações e os níveis mais elevados de engajamento através da mídia digital e redes sociais.

Desde níveis de produtividade mais elevados até o aumento da motivação, os benefícios do envolvimento dos funcionários são grandes demais para ignorar.

Funcionários satisfeitos são essenciais para conquistar novos clientes e clientes atuais.

Por isso, a importância do envolvimento dos funcionários não pode ser subestimada, uma vez que afeta os resultados de negócios.

De acordo com um estudo de 2012 feito pela Gallup, que analisou 192 organizações de 49 indústrias e 34 países, o envolvimento dos funcionários afeta alguns resultados de negócios, entre eles:

  • 37% menos faltas dos funcionários
  • 25% menos turnover em empresas com alta rotatividade
  • 65% menos turnover em empresas com baixa rotatividade
  • 48% menos incidentes de segurança
  • 41% menos incidentes de qualidade (produtos defeituosos)
  • 21% aumento de produtividade
  • 22% aumento de rentabilidade

Ter funcionários envolvidos em sua organização se tornou algo extremamente benéfico.

Quer saber como manter seus colaboradores engajados e transformá-los em Defensores da sua marca? Leia nosso artigo e saiba tudo!

👉 Como manter as pessoas engajadas com seu Programa de Defensores

E com o aumento da popularidade das mídias sociais, isso se tornou ainda mais fácil.

A importância do engajamento dos funcionários deve estar no radar de todos os negócios, pois, é necessário que as empresas forneçam mais do que apenas um bom produto.

Os clientes querem uma boa experiência.

E essa experiência muitas vezes é oferecida através dos colaboradores da marca, por isso eles são a cara de qualquer negócio, e devem representar a empresa de forma surpreendente

Quais os benefícios do Employee Advocacy?

Quando a empresa consegue engajar seus colaboradores e disseminar sua cultura, fica muito mais fácil de mantê-los satisfeitos, motivados e encantados a ponto de quererem compartilhar com os clientes, amigos e conhecidos seu amor pela marca.

Nesse momento é preciso observar que os funcionários são um dos ativos mais valiosos de marketing que uma empresa pode ter, e se você não está utilizando dessa poderosa ferramenta como parte de sua estratégia, você está perdendo uma grande oportunidade de crescimento mútuo.

Acredite ou não, a promoção através dos funcionários pode ajudar sua empresa de uma forma que nenhuma outra estratégia de marketing pode. Aqui estão alguns exemplos práticos:

  • Aumente o awareness

Cada um dos seus funcionários possui sua própria rede pessoal, o que significa que o alcance de todos eles juntos excede muito o alcance dos canais oficiais da marca. 

Recentemente, um estudo apontou que as mensagens de uma marca alcançam um público 561% maior quando compartilhadas pelos colaboradores em comparação com os conteúdos compartilhados pela própria empresa em suas redes sociais.

  • Conquiste confiança

Hoje, os clientes têm todo o poder nas mãos. Eles possuem inúmeros recursos para aprender sobre uma marca antes da decisão de compra e como resultado a confiança nas mensagens que vêm diretamente da empresa está baixa. 

É muito mais provável que um cliente em potencial confie nas mensagens que vêm de alguém que eles conhecem e confiam. Cerca de 84% dos consumidores valorizam as recomendações de outras pessoas acima de qualquer outra forma de publicidade.

  • Atraia os melhores talentos

79% dos candidatos a empregos utilizam as redes sociais durante a busca. Aumentar o alcance da sua marca fará com que as vagas de emprego da sua empresa sejam apresentadas a mais pessoas qualificadas.

Contudo, os melhores talentos não estão apenas em busca de um emprego, mas buscam empresas que sejam um ótimo lugar para trabalhar. Employee Advocacy, ou a promoção da marca pelos próprios funcionários, é um indício valioso de que os colaboradores estão engajados e comprometidos com o sucesso de uma marca e, consequentemente, estão tão satisfeitos com seu ambiente de trabalho a ponto de querer que outras pessoas conheçam esse lugar. 

Como resultado, Employee Advocacy pode exercer um grande impacto no Employer Branding da sua empresa.

  • Aumente a satisfação dos colaboradores

Quando a empresa envolve suas equipes na promoção da marca, ela mostra aos  funcionários que eles são um parte valiosa da organização. Alguns estudos mostram que colaboradores engajados são mais otimistas, inspirados e conectados com a marca, com o propósitos e com os objetivos da empresa.

Como transformar colaboradores em defensores de marca

Um programa de Employee Advocacy reúne os defensores mais confiáveis de uma empresa – os colaboradores. Incentivando-os a compartilhar suas histórias nas redes sociais, o reconhecimento da marca, a retenção dos colaboradores e a atração de talentos qualificados, além de impulsionar o Employer Branding da sua empresa, crescem significativamente.

Depois que uma organização desenvolve uma marca empregadora forte, os funcionários defensores são os encarregados de ativá-la. De acordo com Jess Von Ban, vice-presidente de uma empresa de software de marketing de recrutamento, a Symphony Talent, “seus funcionários são megafones poderosos, eles são contadores de histórias natos que possuem voz autêntica e são a personificação da cultura e missão da marca”.

Separamos algumas dicas para ajudar você a transformar seus funcionários em defensores da marca.

Incentive a participação

Isso pode significar uma mudança de cultura para algumas empresas, mas é preciso confiar em seus colaboradores. Fuja do microgerenciamento para alcançar resultados expressivos de desempenho.

Treine seus colaboradores

Para conduzir seu programa de Employee Advocacy até os objetivos que a sua empresa deseja alcançar, ensinar seus colaboradores sobre boas práticas dentro da sua plataforma é essencial.

Revise suas redes sociais, entenda o tom de voz utilizado pela empresa e ajude suas campanhas e comunicações externas a serem consistentes.

Seja criativo e estratégico quanto ao conteúdo

Criar uma estratégia de marketing de conteúdo pode parecer assustador, mas não precisa ser. Há conteúdos em todos os lugares da sua empresa. Por isso, procure pessoas de diferentes equipes, ouça suas histórias e solicite sugestões de conteúdo. 

Busque capturar o que está acontecendo na empresa todos os dias e aproveite de ferramentas de edição, branding e colaboração. Assim, você terá ideias valiosas vindas de várias fontes ricas e diferentes. Não se esqueça: dê voz a seus colaboradores e as ações de defesa virão quase que de forma natural.

Ouça seus colaboradores

Pode até parecer batido, mas é extremamente importante reforçar que, para que seus colaboradores estejam engajados com as iniciativas da empresa, eles precisam se sentir ouvidos, respeitados e valorizados. Estruturar um canal de comunicação clara e honesta é essencial para construir uma relação sólida com seus times.

Desenvolva um programa de Employee Advocacy 

Um programa de Employee Advocacy pode ser decisivo para que a sua estratégia de defensores funcione de forma eficaz. Existem plataformas específicas que permitem criar e gerenciar sua estratégia.

A plataforma da Peepi, por exemplo, envolve um sistema estruturado para incentivar e mensurar as atividades de defesa da marca utilizando gamificação. Através da criação de desafios, você incentiva seus colaboradores a realizarem ações em prol da marca de acordo com os objetivos da sua empresa. Esses desafios geram pontos que podem ser trocados por recompensas e classificam os embaixadores em um ranking competitivo.

Meça os resultados

Não se esqueça de medir os resultados. Esta etapa é crítica para impulsionar seu programa, otimizar sua abordagem e medir resultados de negócios tangíveis.

As métricas mostrarão como os esforços de Employee Advocacy estão ajudando a empresa a atingir seus objetivos. Algumas perguntas que você pode fazer são: as classificações do Glassdoor melhoraram? Qual foi o alcance e o engajamento naquela semana com o programa? Qual foi o conteúdo de melhor desempenho? Quem foram os defensores mais engajados? Certifique-se de anunciar e comemorar o sucesso de cada etapa para manter o ritmo.

Como implantar o Employee Advocacy em uma empresa?

Para que o Employee Advocacy aconteça é preciso em primeiro lugar que os funcionários se sintam motivados para agir como defensores da marca.

Isso requer o desenvolvimento de um ambiente e uma cultura interna que irá permitir o crescimento da estratégia de Employee Advocacy.

Essa cultura deve ser construída através de confiança, liberdade e transparência.

A confiança irá motivar o engajamento dos colaboradores, é essencial ter confiança em seus funcionários e acreditar na capacidade deles para atuarem como defensores da marca através das redes sociais, eles precisam sentir que a empresa confia no papel que eles vão exercer, sendo um porta-voz que irá espalhar a mensagem.

Além disso, é preciso oferecer transparência e liberdade ao colaborador para ele sentir-se à vontade para defender a marca.

A defesa ou até mesmo uma recomendação deve sempre acontecer de forma espontânea sem que a empresa obrigue o colaborador a agir, sendo transparente com o seu colaborador fica mais fácil para ele perceber e utilizar dessa liberdade.

Com uma estratégia bem planejada e executada de Employee Advocacy, é possível gerar uma exposição positiva da marca, aumentando a consciência dos colaboradores sobre cada produto e também sobre a própria cultura da empresa.

Dentro desta estratégia pode-se apresentar aos colaboradores os interesses internos e externos da empresa, seus objetivos, sua visão e missão, assim fica mais fácil de conquista-los e oferecer a eles a sensação de pertencimento a organização.

Com conhecimento sobre a marca, seus produtos e a cultura da empresa o colaborador torna-se um especialista no assunto, podendo ser um porta-voz confiável para sua empresa e fazendo assim recomendações de seus produtos ou serviços para seus amigos e conhecidos.

O Employee Advocacy veio para agregar valor aos seus colaboradores e ajudar sua marca em desafios que podem ser resolvidos de forma simples quando se tem colaboradores engajados, basta você criar sua estratégia e aproveitar esta poderosa ferramenta.

Quer saber como manter seus colaboradores engajados e transformá-los em Defensores da sua marca? Leia nosso artigo e saiba tudo!

👉 Como manter as pessoas engajadas com seu Programa de Defensores