Employee Advocacy – O autêntico guia com tudo o que você precisa saber

O Guia – Tudo o que você precisa saber sobre Employee Advocacy foi criado para você que está aprendendo agora sobre o termo ou para você que já está no processo de implementação na sua empresa. 

Este guia vai cobrir todos os fundamentos e porque é tão importante consolidar o Employee Advocacy como estratégia de marketing em uma empresa.

Vamos começar?

Introdução

Marketing de Defensores

Antes de adentrarmos no universo do Employee Advocacy, é preciso compreender a sua essência. 

Sabe o famoso marketing boca a boca? Você já deve ter feito parte dessa categoria de marketing, direta ou indiretamente, quer ver?

  • Quantas vezes você já ouviu alguém indicar um produto que comprou simplesmente porque ficou satisfeito com a aquisição?
  • Quantas vezes você indicou um produto/empresa para alguém porque todas as suas expectativas foram atendidas?

É assim que acontece o marketing boca a boca. Ao longo dos anos, com as mudanças drásticas ocorridas na maneira como as pessoas compram produtos e serviços, a estrutura desse tipo de marketing mudou e se transformou na maior tendência para os próximos anos: o Marketing de Defensores.

O Marketing de Defensores é aplicado pelas empresas por meio da criação de relacionamentos legítimos com seus públicos para que eles se sintam satisfeitos e promovam seus produtos. Essas marcas transformam seus colaboradores e/ou clientes em defensores das suas marcas

Quem são os defensores de marca?

Um Defensor de Marca é a pessoa que confia e se identifica com uma marca a ponto de estar disposta a recomendá-la a outras pessoas de forma espontânea. 

Existem 3 principais tipos de defensores de marca:

  • Colaboradores Defensores: também chamados de employee advocates, são funcionários que defendem a marca em seus círculos sociais e declaram sua paixão por fazer parte da organização.
  • Clientes Defensores: são mais que clientes comuns. Recomendam os produtos para seus amigos e conhecidos, e engajam com a marca nas redes sociais.
  • Entusiastas: pessoas que não são clientes e nem colaboradores de uma marca, mas a defendem com paixão, mesmo sem nunca ter consumido os produtos.

Aqui, vamos falar especificamente dos employee advocates e conhecer tudo sobre Employee Advocacy, uma das vertentes do Marketing de Defensores.

Definição e surgimento do Employee Advocacy

Employee Advocacy é uma das vertentes do Marketing de Defensores, voltado para os colaboradores, ou seja, envolve ações estratégicas com o objetivo de atrair, integrar, engajar e mobilizar os colaboradores para que eles se tornem os defensores de uma empresa. 

Em nosso post Employee Advocacy: o que é e como transformar colaboradores em defensores de marca nós explicamos que o surgimento dessa estratégia ocorreu quando funcionários motivados começaram a defender e declarar sua satisfação por fazer parte de uma organização.

Esses colaboradores manifestavam publicamente sua paixão pela empresa para o qual prestavam serviço, compartilhando nas redes sociais, criando reviews positivos, indicando para potenciais futuros colaboradores e realizando um marketing autêntico

Com isso, as organizações identificaram que, através dessas ações, os funcionários impulsionaram a reputação da empresa e construíram uma relação de confiança, beneficiando ambas as partes.

Com paixão e propósito, e muito diferente de obrigação ou dever, empresas e colaboradores começaram a unir forças

As organizações que perceberam os benefícios do Employee Advocacy, agora aplicam programas oficiais que possuem diretrizes, recursos e recompensas para os funcionários que participam.

Os benefícios do Employee Advocacy 

Você está pensando em aplicar o Employee Advocacy na sua empresa, mas não sabe quais são os benefícios comprovados que a estratégia oferece? 

Confira a lista de benefícios que separamos:

  • Cria uma cultura positiva, engajada e de confiança no ambiente de trabalho: com isso a empresa garante que seus funcionários adorem ir trabalhar e estejam alinhados com os mesmos valores. A Target, por exemplo, usa o slogan trabalhe em algum lugar que você adore” em seus materiais de recrutamento e seus funcionários compartilham conquistas e vitórias profissionais do dia a dia nas redes sociais usando a hashtag #worksomewhereyoulove. Um relatório da Edelman descobriu que a confiança é um motivador fundamental para as recomendações dos funcionários no local de trabalho.
A Target, por exemplo, usa o slogan “trabalhe em algum lugar que você adore”.
A Target, por exemplo, usa o slogan “trabalhe em algum lugar que você adore”.
  • Fortalece a comunicação e o envolvimento dos funcionários: de acordo com uma pesquisa da Gallup, 74% dos funcionários sentem que estão perdendo informações e notícias da empresa. Esse cenário pode criar rapidamente funcionários desinteressados ​​e falta de espírito de equipe. Ao aplicar o Employee Advocacy, sua empresa vai mudar essa cultura através do compartilhamento de informações, comunicados e resultados internos.
  • A empresa se torna autêntica: você já parou para pensar que se os colaboradores estão falando bem de uma empresa, por vontade própria, isso é comunicação autêntica? Segundo o Linkedin, a voz do funcionário é confiável e poderosa, e o conteúdo compartilhado por eles é visto como três vezes mais autêntico, apresentando uma taxa de cliques duas vezes mais alta do que quando o porta-voz da empresa compartilha as mesmas informações. Outra pesquisa, agora da Edelman Trust Barometer, afirmou que apenas 55% dos consumidores consideram os materiais corporativos de marketing uma fonte confiável de informação. O mesmo relatório descobriu que a promoção da marca feita por meio dos colaboradores tem duas vezes mais probabilidade de ser confiável.
  • Torna a empresa mais transparente e humana: quando uma empresa apoia e valoriza as opiniões dos seus funcionários e reconhece suas conquistas, cria uma cultura transparente e humana aos olhos dos funcionários.
  • Colabora na conquista das metas de negócio e aumenta o Retorno Sobre o Investimento (ROI): com o programa de Employee Advocacy a sua empresa pode definir as metas e aplicar uma estratégia consolidada para atingir cada objetivo. A Reebok, por exemplo, incentiva seus funcionários a postar nas redes sociais utilizando a hashtag #FitAssCompany. O objetivo da empresa é educá-los sobre a importância de manter um condicionamento físico saudável e assim melhorar a imagem da cultura da empresa.
A Reebok incentiva seus funcionários a postar nas redes sociais utilizando a hashtag #FitAssCompany.
A Reebok incentiva seus funcionários a postar nas redes sociais utilizando a hashtag #FitAssCompany.
  • Aumenta o alcance da empresa nas redes sociais: segundo pesquisa da Cisco, o conteúdo compartilhado pelos colaboradores são dez vezes maior do que se compartilhado nas redes da marca corporativa. Esse conteúdo gerado pelo colaborador recebe 50% mais engajamento e uma taxa de cliques 5 vezes maior do que o conteúdo das redes da marca. Isso comprova a relevância que o funcionário tem ao divulgar, em suas próprias redes sociais, informações positivas sobre a empresa que trabalha, dando à sua organização maior vantagem competitiva.
  • Melhora a reputação online da empresa: se os colaboradores estão compartilhando avaliações positivas sobre a empresa ou engajando nas redes sociais, a classificação da empresa nos mecanismos de busca aumenta e a reputação fica cada vez melhor. Quer um exemplo? Quando você acessa o Google para conhecer melhor uma empresa/marca e a busca apresenta resultados positivos, é claro que você vai confiar na empresa, certo? E mais: segundo pesquisa da CareerArc, 69% dos candidatos não aceitam um emprego, mesmo que estejam desempregados, se a empresa tiver má reputação online. A ePaySystems comprovou que 78% dos candidatos a emprego afirmam que as classificações e avaliações dos funcionários influenciam em seu processo de busca de emprego/tomada de decisão.
  • Aumento das vendas: um bom conteúdo compartilhado pelos funcionários impulsiona as vendas e cria uma influência especializada em sua rede de público.
  • Melhora do Employer Branding e e atração de candidatos mais qualificados: a maioria dos empregadores e recrutadores afirmam que o processo de recrutamento é mais curto quando os candidatos são indicados e geralmente esses candidatos são mais qualificados para as vagas. As estatísticas mostram que as empresas que aplicam o Employee Advocacy têm 58% mais oportunidades de atrair os melhores talentos (Fonte: LinkedIn Altimeter Study)

E não são apenas as empresas que se beneficiam com o Employee Advocacy. Para os colaboradores essa estratégia de marketing:

  • Fortalece a credibilidade do funcionário perante o mercado;
  • Melhora a construção da sua própria marca profissional;
  • Aprofunda o relacionamento com os clientes, construindo um relacionamento personalizado;
  • Aumenta o conhecimento e valor dos colaboradores;
  • Amplia o networking;
  • Fortalece as habilidades, impactando diretamente em sua função na empresa, como, por exemplo, conduzir reuniões melhores e colaborar mais diretamente com outros setores

Segundo o Social Media Today, quase 86% dos funcionários envolvidos em um programa Employee Advocacy afirmam que ele teve um efeito positivo em suas carreiras.

Como o colaborador participa do Employee Advocacy na empresa que trabalha?

Agora que você já entendeu sobre o conceito, surgimento e benefícios do Employee Advocacy, vamos entender como ele funciona na prática. 

Cada organização escolhe uma forma de utilizar o Employee Advocacy, mas aqui vamos usar a plataforma da Peepi para exemplificar, combinado?

O método da Peepi envolve um sistema estruturado que incentiva e mensura as atividades de defesa da marca. Através da criação de desafios, os colaboradores realizam ações em prol da marca conforme os objetivos da empresa com o programa. 

Todas essas ações utilizam técnicas de gamificação e os desafios geram pontos que podem ser trocados por recompensas, classificando os colaboradores participantes em um ranking competitivo.

Existem várias opções de desafios na plataforma da Peepi, porém os mais populares são os posts nas redes sociais próprias, ações de engajamento com vídeos, formulários e fóruns.

Gamificação no Employee Advocacy

Você deve estar pensando “Beleza, já entendi como funciona o Employee Advocacy, mas como eu faço para incentivar meus colaboradores a participarem dessas ações?”.

Essa é uma das grandes perguntas que recebemos aqui na Peepi. Implementar uma ferramenta de Employee Advocacy é uma coisa, mas motivar os funcionários a usá-la é outra totalmente diferente.

É aí que a gamificação surge como uma grande aliada do Employee Advocacy. Essa estratégia utiliza elementos semelhantes aos dos jogos, como pontuação, rankings, recompensas e plataformas competitivas para aumentar o engajamento do funcionário

Com essa dose saudável de gamificação, o envolvimento dos funcionários aumenta e o ambiente de trabalho se torna mais divertido e colaborativo.

Confira alguns exemplos de recompensas para os funcionários que participam do programa de Employee Advocacy:

  • Cursos exclusivos; 
  • Brindes;
  • Eventos especiais;
  • Vale compras;
  • Treinamentos;
  • E muito mais!
webinar employee advocacy

Por que a gamificação no local de trabalho funciona?

Segundo um artigo do Medium, 90% dos funcionários são mais produtivos quando participam de gamificação e 72% das pessoas acreditam que a gamificação as inspira a trabalhar mais. Este artigo relata ainda que o uso da motivação baseada em jogos pode aumentar os níveis de engajamento em 48%.

Os dados dizem tudo, não é mesmo? Mas por que isso acontece? 

De acordo com o especialista em gamificação, Gabe Zichermann, as pessoas podem se motivar com um vale presente, mas o que realmente as motiva é o reconhecimento e também o status.

Isso significa que aplicar um pouco de diversão nas tarefas vai ser automaticamente estimulante. Funcionários estimulados engajam mais e tornam-se muito mais produtivos ajudando a obter resultados positivos para os negócios. 

No post Gamificação nas empresas: como utilizar nas estratégias de marketing, explicamos ainda mais sobre como as empresas podem se aproveitar da gamificação.

Ações de Employee Advocacy para a sua empresa 

Você já deve ter compreendido que os funcionários são a força vital de uma organização, certo? Portanto, é essencial mantê-los engajados, sentindo-se valorizados e conectados.

Para isso acontecer existem algumas ações de campanhas que as empresas podem implementar. Abaixo você encontra as quatro principais:

Incentivar o compartilhamento de conteúdo sobre a empresa nas redes sociais:

Um funcionário motivado e que está orgulhoso do lugar que trabalha, possivelmente vai se sentir à vontade para divulgar informações sobre a empresa nas redes sociais. Organize conteúdos relevantes para que seus colaboradores saibam o que está disponível e o que eles podem compartilhar, seja no Instagram, Facebook ou Linkedin.

Comemore novas contratações e aniversários dos seus funcionários:

Uma excelente forma de reconhecer seus colaboradores é fazê-los se sentir acolhidos. 

Para novas contratações, ofereça uma recepção calorosa. Apresente o funcionário para o time e incentive a interação entre eles, sugerindo até mesmo que se sigam nas redes sociais pessoais.

Já os aniversários são ótimas datas para mostrar o zelo que a empresa tem por seus colaboradores e ainda permite que a equipe participe com comemorações e apoio. Além disso, esse tipo de ação pode incentivar o compartilhamento nas redes sociais do funcionário, que divulgará a cultura da empresa para muitas outras pessoas.

Peça aos seus colaboradores que interajam com os conteúdos criados pela empresa

Sabe aquele post da empresa que está no blog, no Linkedin ou no Facebook? Compartilhe o link desse conteúdo com seus funcionários e peça para eles leiam e interajam sobre o assunto. Você pode perguntá-los sobre o que acharam do conteúdo, o que agregou para eles e qual foi a parte que mais chamou a atenção.

Pense comigo. Essa ação os levará diretamente aos conteúdos produzidos pela empresa, dando a oportunidade de curtirem, comentarem e compartilharem nas redes sociais. Ao realizar qualquer combinação de engajamento, vão aumentar a exposição da marca e impulsionar conteúdo.  

Incentive a produção do conteúdo que vai beneficiar empresa e o colaborador

Permita que os funcionários sugiram temas, artigos ou criem conteúdos que beneficiem sua marca pessoal, mas também impactem a empresa. O interesse e o envolvimento das equipes no programa serão muito maiores quando os colaboradores perceberem que essas ações aumentam a reputação profissional frente ao mercado de trabalho.

O que fazer e não fazer ao aplicar o Employee Advocacy

Aprender como o Employee Advocacy funciona para o seu negócio é essencial e evita muitos erros.

Mas, antes de tudo:

  • Confira se os seus funcionários são seus maiores fãs

“Se seus funcionários não são seus maiores fãs, você tem problemas MUITO maiores do que as redes sociais”, afirma Jay Baer, ​​da convinceandconvert.com.

O programa de Employee Advocacy deve ser autêntico. Se a sua empresa tem funcionários insatisfeitos, é provável que eles não defendam sua marca.

  • Não olhe para os seus funcionários apenas como um canal de marketing

Nunca, jamais, veja seus colaboradores como apenas mais um canal de marketing ou robôs. 

Eles são humanos, são a espinha dorsal de uma empresa. Ensine-os, informe-os, seja transparente e comunicativo com eles.

employee advocacy sankhya

O que fazer e o que não fazer

Fazer:

✓ Incentive o funcionário a participar e construir uma marca profissional;

✓ Treine e forneça total apoio aos seus colaboradores nessa jornada;

✓ Reconheça e recompense os funcionários que participarem do programa.

✓ Seja totalmente transparente com seus colaboradores.

Não fazer:

✘ Não obrigue a participação de funcionários no programa;

✘ Não compartilhe informações que não espelham a verdade sobre a empresa.

Continue aprendendo sobre o Employee Advocacy

Parabéns por chegar até aqui neste guia detalhado. Você aprendeu muito sobre o Employee Advocacy e como o programa pode ser valioso para uma empresa.

Abaixo, vamos inserir outros links com mais conteúdo interessante sobre o tema. Não deixe de conferir e continuar aprendendo sobre o assunto.

👉Posts no blog:

👉Ebooks:

👉Webinars:

Aproveite também para baixar o primeiro Ebook do Brasil sobre Employee Advocacy e se tornar um expert no tema. É só preencher o formulário abaixo!