Entenda o conceito de Público-alvo e porque a sua empresa precisa de um

Público-alvo é o grupo de consumidores com características e interesses em comum, para quem as empresas direcionam suas campanhas. Saiba mais.


Se você tem uma empresa ou trabalha em uma, você já parou para observar seus clientes? Conseguiu identificar características em comum entre eles? Provavelmente, se você já fez isso, conseguiu notar que a maioria de seus clientes possuem coisas em comum.

Isso significa que a sua empresa e os produtos ou serviços que você oferece, atendem às demandas de determinadas pessoas que possuem semelhanças, pois partilham das mesmas necessidades.

Dessa forma, podemos entender que essas pessoas são o público-alvo da sua empresa, pois se identificam com ela, utilizam seus produtos e serviços, e enxergam valor na sua marca.

Contudo, isso é definido previamente pela marca, antes mesmo de criar um produto. Por isso seus clientes possuem características em comum, pois a empresa justamente criou suas soluções direcionadas para elas.

A seguir, você vai entender melhor como funciona esse processo, além do conceito de público-alvo, qual a sua importância e como definir o da sua empresa!

O que é Público-alvo

Público-alvo é o grupo de consumidores com características e interesses em comum, que as empresas utilizam para direcionar suas campanhas de marketing. Essa definição é importante, pois permite segmentar o mercado e torna as estratégias mais assertivas.

Esse público é definido pela semelhança do perfil dos consumidores, e considera características demográficas e comportamentais, como: idade, gênero, escolaridade, estilo de vida, entre outros pontos que influenciam na decisão de compra.

Isso pode ser feito através de ferramentas como Google Ads e Facebook Ads, por exemplo, em que é possível selecionar as características de segmentação para direcionar as campanhas, a fim de aumentar as chances de conversão.

As empesas também podem obter essas informações através de estudos de mercado, e também de pesquisas com os consumidores, para conhecer melhor o seu público. Confira a seguir, alguns pontos utilizados para a segmentação dos consumidores para definir seu público-alvo:

  • Geográfica (país, região, estado, cidade, tamanho da cidade, rural/urbana, residencial/comercial, clima, etc.);
  • Demográfica (idade, gênero, renda, condição socioeconômica, ocupação, escolaridade,etc.);
  • Estilo de vida (está relacionado ao estilo de vida que o consumidor adota: saudável, minimalista, conservador, entre outros);
  • Comportamental (cliente, prospect, lead qualificado, etc.).

Por que é importante definir um público-alvo

É importante definir um público-alvo para a sua empresa, pois ao segmentar as pessoas que consomem o seu produto, ou têm potencial para consumir, é possível criar estratégias direcionadas para converter esse consumidor.

Se você, por exemplo, possui uma marca de cosméticos naturais e define que seu público são mulheres, essa definição é muito ampla e direcionada para uma comunicação de massa, e não uma comunicação segmentada.

Ao definir um público-alvo, você consegue criar campanhas direcionadas, por exemplo, a mulheres, com estilo de vida minimalista, vegetarianas ou veganas, que tomam suas próprias decisões de compra, logo, provavelmente são mais velhas, entre outras definições.

Por isso, é importante ter essa definição para conseguir fazer um recorte no mercado em massa, e identificar um nicho de pessoas que provavelmente possuem mais afinidade com a sua marca, portanto, mais possibilidades de se tornarem clientes.

A definição do público-alvo passou a ser essencial para as empresas da atualidade, que passaram a ter o foco no cliente, o que até algum tempo atrás não era tão comum. Agora, é o comportamento do consumidor que dita às empresas o que fazer. 

Ao adotar esse público como direcionamento principal, trouxe inúmeros benefícios para as marcas, tais como:

  • Criar campanhas mais eficientes;
  • Comunicar-se melhor com o público, pois é possível conhecê-los melhor;
  • Aproximar a marca do segmento;
  • Utilizar uma linguagem direcionada para o público;
  • Adotar uma abordagem mais humanizada;
  • Aproveitar melhores oportunidades;
  • Definir um posicionamento de marca relevante;
  • Se destacar diante da concorrência.

Com um público-alvo bem definido, as campanhas são mais direcionadas, o que faz com que tenham mais chances de sucesso. Isso contribui para que a marca de destaque no mercado e seja lembrada como referência no seu nicho.

marketing de indicação

Exemplos de público alvo

Para definir o perfil do público-alvo da sua empresa, é importante realizar uma pesquisa de mercado, segmento e também fazer perguntas aos seus clientes fidelizados, uma vez que eles já representam o perfil do seu cliente ideal.

Além disso, é importante considerar de forma detalhada alguns fatores comportamentais e demográficos, que ajudarão a indicar quais as características em comum dessas pessoas. Algumas das informações mais utilizadas para traçar esse perfil são:

  • Gênero
  • Idade
  • Localização
  • Formação educacional
  • Poder aquisitivo
  • Classe social
  • Hábitos de consumo

Exemplo de público-alvo: Mulheres, entre 30 e 50 anos, residentes na cidade de São Paulo e proximidades, com nível de formação superior, classe B, com renda entre R$ 5000 e R$7000, apaixonadas por tendências de moda.

Esse público pode ser de uma butique de moda, por exemplo, pois possui idade e poder aquisitivo compatível com quem toma as decisões de compra, além de ter interesse em moda e tendências.

O exemplo citado, é apenas para ilustrar como funciona a definição do público-alvo, que serve para identificar, com base em dados, quais as características em comum entre as clientes de uma determinada marca.

Dessa forma, se você possui uma empresa de carros, por exemplo, precisa definir um público-alvo composto por pessoas maiores de idade, com poder aquisitivo para adquirir um veículo, e assim por diante.

É importante ser específico nessa definição, pois o objetivo é segmentar e não atingir um público em massa. Ao segmentar o público, você consegue criar um relacionamento mais próximo com o cliente, o que cria identificação por parte deles e fortalece a sua confiança na marca.

Como definir o público alvo do seu negócio

Com as informações mencionadas até aqui, ficou claro o que é o público-alvo, porque é importante definir um para a sua empresa, além de alguns exemplos. Agora, é preciso entender como esses conceitos funcionam na prática. Confira a seguir, algumas dicas essenciais para definir o seu público:

Defina sua fonte de informações

O primeiro passo para a definição de um público-alvo, é saber quais as fontes de informação a respeito do seu público que você irá utilizar: pesquisas para ouvir a voz do cliente, observação de redes sociais, pesquisas de campo, entre outras.

Para ser possível fazer uma segmentação eficaz, é fundamental contar com dados precisos, que precisam ser obtidos em fontes de informação confiáveis. Essa pesquisa é importante para entender a realidade do seu público e definir uma estratégia assertiva.

Olhe primeiro para o mercado

Um erro comum de muitas empresas, é criar um produto sem ter foco no cliente. Dessa forma, pode ser que ele acabe não agradando ao público como a empresa esperava. Isso acontece, pois é importante que antes de criar um produto, exista uma demanda para ele.

Por isso, o caminho mais assertivo é entender o mercado, o público e as suas necessidades, para a partir disso, identificar as carências desse nicho e as oportunidades de negócio para criar novos produtos.

Esse olhar para o mercado, pode ser feito através de pesquisas com os consumidores e suas necessidades no cotidiano. Além disso, também é importante observar os concorrentes, para entender de que forma eles atuam nesse nicho.

Por isso é tão importante definir o seu público-alvo, pois é ele quem irá indicar as necessidades do nicho e as oportunidades de atuação da sua empresa. Isso também vale se você já possui um produto, e quer entender de que forma ele pode ser útil para as pessoas, o que pode ser feito através de pesquisas com o consumidor. 

Seja específico ao segmentar seu público

Ainda que o público-alvo seja um pouco mais amplo e genérico que a definição da persona, por exemplo, ele também precisa ser bem detalhado, pois quanto mais informações a respeito do público, mais fácil se torna o direcionamento das estratégias da marca.

Por isso, procure obter todas as informações citadas até aqui: sociais, demográfica, comportamentais, entre outras, para criar uma descrição mais precisa. Lembre-se também que, de tempos em tempos, é importante reavaliar seu público, para ele estar sempre atualizado caso a marca passe por um reposicionamento de marca, por exemplo.

Conheça o seu negócio e o seu produto

Tão importante quanto olhar para o mercado e identificar as demandas do seu público, é importante conhecer muito bem o seu produto, para entender de que forma ele pode solucionar os problemas das pessoas.

Por isso, é fundamental conhecer bem a sua empresa, seus pilares e as soluções que a marca pode oferecer para o público. Para isso, procure responder a essas perguntas:

  • Qual é a proposta de valor da sua marca? E dos seus produtos?
  • Por que alguém compraria o seu produto e não do seu concorrente?
  • Quais problemas o seu produto ou serviço é capaz de resolver?
  • Essa resolução, é relevante para o consumidor?
  • Quais benefícios ele pode entregar ao consumidor?

Essas e outras perguntas, podem te ajudar a entender qual o papel da sua empresa e dos produtos ou serviços que ele oferece, no mercado em que atua. Isso pode até mesmo ser utilizado como conceito e slogan da marca, que define em poucas palavras o que ela faz e como ela pode ajudar seu público.

Defina o posicionamento da marca

Com o seu público-alvo bem definido, é possível definir o posicionamento da marca, que indica como você quer que sua marca seja reconhecida pelos consumidores. Dentro de uma estratégia de marketing e branding, isso é fundamental para definir pontos como preços praticados, tom de voz, entre outras características que definem como a marca vai se apresentar ao mercado e se conectar com o seu público-alvo.


Quando você define o público-alvo da sua empresa, é possível se aproximar dele e falar a sua língua, o que aumenta as possibilidades desse cliente se tornar um defensor da marca, pois ele acredita e confia nela.

Agora que você já tem o seu público bem definido, assista nosso Webinar Gratuito e aprenda Como criar uma marca amada pelas pessoas!

lovebrands